Minimizar Boleta
Investir no mercado de ações é fácil! Clique aqui para abrir uma conta na Ágora Corretora

Quer conhecer todo
o conteúdo da Ágora antes de se tornar cliente?

Tesouro Direto

O que é o Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é um programa de compra e venda de
títulos públicos para pessoas físicas, desenvolvido pelo
Tesouro Nacional em parceria com a CBLC (Companhia
Brasileira de Liquidação e Custódia). Na prática, consiste
na oferta de títulos públicos de renda fixa para pessoas
físicas.

Os títulos de renda fixa podem ser pré ou pós-fixados.
A cada título lançado é definida a data de vencimento e
o índice de correção, como a Selic, o IGP-M
ou o IPCA.

Investir no Tesouro Direto é simples e você não precisa
de muito dinheiro para começar a aplicar.

Conheça as opções de títulos:

Nota do Tesouro Nacional – série F

Título com rentabilidade prefixada, acrescida de juros definidos no momento da compra;
Forma de Pagamento: semestralmente (juros) e no vencimento (principal).

Nota do Tesouro Nacional – série C

Título com rentabilidade vinculada à variação do IGP-M, acrescida de juros definidos no momento da compra;
Forma de Pagamento: semestralmente (juros) e no vencimento (principal).

Nota do Tesouro Nacional – série B

Título com rentabilidade vinculada à variação do IPCA, acrescida de juros definidos no momento da compra;
Forma de Pagamento: semestralmente (juros) e no vencimento (principal).

Nota do Tesouro Nacional – série B

Título com rentabilidade vinculada à variação do IPCA, acrescida de juros definidos no momento da compra, sem o pagamento de cupom de juros ao longo do tempo.
Forma de Pagamento: Data de vencimento do título.

Letra do Tesouro Nacional

Título com rentabilidade definida no momento da compra;
Forma de pagamento: no vencimento.

Letra Financeira do Tesouro

Título com rentabilidade diária vinculada à taxa de juros básica da economia (taxa média das operações diárias com títulos públicos registrados no sistema SELIC);
Forma de pagamento: no vencimento.

 
 

Como investir no Tesouro Direto?

É muito simples investir no Tesouro Direto, basta você ser Cliente Ágora e estar habilitado na CBLC (Câmara Brasileira de Liquidação e Custódia).

É Cliente Ágora?
Clique no botão abaixo. Você será levado para a página de Compra e já poderá investir seus recursos nos títulos públicos do Tesouro Direto! 

 
 

Acesse o site do Tesouro Direto e defina seu Perfil de Investimento.

Quais são as Vantagens do Tesouro Direto?

0,23% ano

Uma das taxas mais baixas do mercado!*

   

Aplicação mínima a partir de R$ 30,00**

Liquidez semanal garantida pelo próprio Tesouro Nacional

Possibilidade de excelente retorno financeiro no longo prazo

Os títulos públicos são considerados de baixíssimo risco pelo mercado financeiro

Taxa de administração baixa

Imposto de Renda cobrado apenas no momento da venda ou vencimento***

Regras Básicas do Tesouro Direto

 

Regras de Compra

Os investidores podem comprar Títulos Públicos Federais pós ou prefixados a partir de, aproximadamente, R$ 30,00, correspondente a 0,1 de um título.

O limite máximo de compra por investidor é de R$ 1.000.000,00/mês. Esse limite não deve ser considerado para cada título, mas sim para a carteira de títulos adquirida em um mês.

Nos meses de vencimento dos ativos já adquiridos e ainda em carteira, o investidor poderá comprar títulos utilizando o limite de R$ 1.000.000,00 mais o valor de resgate dos papéis vencidos.

É importante ressaltar que o Saldo Apresentado como disponível para compra de títulos contempla o saldo real do cliente, somado ao saldo projetado decorrente de operações realizadas através da Ágora.

Caso deseje, o cliente poderá entrar em contato com a Ágora e utilizar recursos de juros e amortizações referentes a Títulos do próprio Tesouro, além do Saldo Apresentado. Eles estarão disponíveis em D1

Os sistemas do Tesouro Direto ficam diariamente indisponíveis, das 5h às 9h, o que faz com que não seja possível realizar operações neste horário.

Compras Programadas – O investidor poderá agendar a compra de um título, ou uma composição de títulos, durante um período que ele determinar. Por exemplo, será possível comprar R$ 300,00 por mês de uma NTN-B Principal durante 3 anos. Vale ressaltar que as condições do título (preço, disponibilidade, etc) serão as do dia que a compra efetivamente seja realizada.

Regras de Venda

Os investidores poderão vender os títulos adquiridos através do próprio site do Tesouro Direto, de acordo com as seguintes regras:

  • Nas semanas em que houver reunião do Copom (Comitê de Política Monetária do Banco Central), a negociação dos títulos prefixados (LTN e NTN-F) ficará suspensa entre 17 horas de quarta-feira e 9 horas de quinta-feira (início do mercado), para evitar que as decisões sobre a meta da taxa Selic possam afetar as negociações sem que haja um correspondente efeito no mercado secundário. O programa de recompras para todos os títulos será reiniciado às 9 horas do dia seguinte, quinta-feira, se encerrando às 5 horas da manhã de sexta-feira.
  • Nas demais semanas do mês, a recompra de títulos será realizada entre 9 horas de quarta-feira e 5 horas da manhã de quinta-feira para todos os títulos ofertados no programa; 
  • Os títulos adquiridos de outros investidores no mercado secundário não poderão ser vendidos no Tesouro Direto.

    Observe que os sistemas do Tesouro Direto ficam diáriamente indisponíveis, de 5:00 às 9:00, o que faz com que não seja possível realizar operações neste horário.

  • Venda Agendada - Atualmente, quando um investidor decide vender seus títulos antes do vencimento, ele deve entrar no site do Tesouro Direto, ou de sua instituição financeira (se for um agente integrado) numa quarta feira para realizar a operação. Com essa funcionalidade, é possível escolher com antecedência a quarta-feira específica e agendar a venda que gostaria. Ressaltamos que as condições de preços e taxas serão dadas pelas condições vigentes daquela quarta-feira que escolher, como é feito usualmente. Por exemplo, o investidor se lembrou, no domingo, que gostaria de vender R$ 300,00 de uma LTN que ele possui naquela semana. Nesse dia ele entrará no sistema do Tesouro Direto e ordenará que a venda seja realizada na quarta-feira daquela semana.

Preços dos Títulos

O Tesouro Nacional pode alterar o preço dos títulos ofertados a qualquer momento. Os investidores que estiverem montando a sua carteira de títulos no momento da alteração dos preços receberão uma notificação com os preços atualizados. O investidor poderá confirmar a carteira de títulos com os novos preços, alterar as quantidades ou valores da carteira ou desistir da operação.

Rentabilidade

A rentabilidade desses papéis costuma ser indexada à taxa Selic (taxa de juros padrão do mercado), índices de inflação (IPCA e IGP-M) ou valores prefixados.

Liquidação

De acordo com as atuais regras do Tesouro Direto, após a confirmação da compra de títulos, o cliente deve disponibilizar os recursos financeiros na data de liquidação, ou seja, em D1 da data da compra.

No caso de uma ocorrência de não pagamento, o investidor estará impedido de efetuar novas compras no Tesouro Direto por 30 (trinta) dias a partir da data do não pagamento.

Na hipótese de até duas ocorrências de não pagamento, o investidor estará impedido de efetuar novas compras no Tesouro Direto por 06 (seis) meses a partir da data do segundo não pagamento.

Havendo três ou mais ocorrências de não pagamento, o investidor estará impedido de efetuar novas compras no tesouro Direto por 3 (três) anos a partir da data do terceiro não pagamento.

A compra do ativo e o pagamento das taxas serão liquidados através de sua Conta na Ágora.

Reinvestimento Automático

O investidor poderá direcionar o dinheiro que ele recebe (cupom de juros ou vencimento do título) para uma nova aplicação de maneira automática, bastando que ele indique suas opções. O investidor poderá realizar ambos os tipos de reinvestimento (juros e resgate) em qualquer título, desde que ele esteja disponível no Tesouro Direto.
Por exemplo, será possível reaplicar automaticamente os cupons da NTN-B que vence em 2045 no próprio título ou em outros disponíveis. O investidor, no momento do vencimento do título, não será limitado pelo limite superior de R$ 1.000.000,00. Ele poderá reinvestir um valor maior do que o limite superior, até o valor resgatado no vencimento

Custos e Tributos

A Ágora oferece uma das melhores taxas de administração entre os agentes de custódia do mercado. As compras realizadas no Tesouro Direto estão sujeitas ao pagamento anual dos seguintes encargos:

• Para títulos adquiridos a partir de 06/04/2009:

Taxa de Custódia CBLC

Esta cobrança se refere aos serviços de guarda dos títulos e às informações e movimentações dos saldos. A taxa é de 0,30% ao ano sobre o valor dos títulos, cobrada semestralmente no primeiro dia útil de janeiro ou julho, ou na ocorrência de um evento de custódia (pagamento de juros, venda ou vencimento do título) - o que ocorrer primeiro.  O cálculo é provisionado diariamente a partir da liquidação da operação de compra (D+2) durante o período em que o investidor mantiver o título.

Taxa de Administração Ágora

No momento da operação da compra, além do valor da transação (preço unitário do título multiplicado pela quantidade adquirida) e da taxa de negociação cobrada pela CBLC (ver acima), o cliente deve arcar com a Taxa de Administração do Agente de Custódia, referente ao primeiro ano de custódia. Caso o título tenha vencimento inferior a um ano, a taxa do agente de custódia será proporcional ao prazo do título. O valor de 0,23% ao ano praticado pela Ágora é um dos menores de todo o mercado nacional.

Após o primeiro ano, esta taxa é cobrada semestralmente, no primeiro dia útil de janeiro ou de julho, ou na ocorrência de um evento de custódia (pagamento de juros, venda ou vencimento do título), o que ocorrer primeiro. O cálculo é provisionado diariamente durante o período em que o investidor mantiver o título.

ATENÇÃO! Caso a soma dos valores da Taxa de Administração Ágora e da Taxa de Custódia CBLC seja inferior a R$ 10,00, este será acumulado para cobrança no semestre seguinte, no primeiro dia de janeiro ou julho, ou na ocorrência de algum evento de custódia – o que vier primeiro.

 • Para títulos adquiridos até 03/04/2009:

Taxa de Custódia CBLC

A partir de 06/04/2009, a taxa de custódia passou de 0,40% ao ano para 0,30% ao ano após o título completar um ano de aquisição. O cálculo é feito proporcionalmente ao período em que os títulos estiverem mantidos em custódia.

A cobrança da taxa ocorre nas datas de eventos financeiros (venda, pagamento de juros e o encerramento da posição), o que ocorrer primeiro.

Taxa de Administração Ágora: A taxa é de 0,23% ao ano, cujo cálculo será feito proporcionalmente ao período que os títulos estiverem mantidos em custódia.

 A cobrança da taxa ocorre nas datas de eventos financeiros (venda, pagamento de juros e o encerramento da posição), o que ocorrer primeiro.

 Tributação

A tributação dos títulos do Tesouro Direto segue a mesma regra dos investimentos em Renda Fixa. O Imposto de Renda incide sobre o rendimento nominal do investimento segundo a tabela abaixo:

Tabela de Recolhimento de IRRF (Imposto de Renda Retido na Fonte)

Prazo do Investimento Alíquota de IR
0 a 6 meses 22,5%
6 meses a 1 ano 20%
1 ano a 2 anos 17,5%
Mais de 2 anos 15%

Habilitação para Investir

O investidor precisa estar habilitado na CBLC (Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia) para comprar e vender títulos no Tesouro Direto, além de ser Cliente Ágora.

Se você já é Cliente Ágora e ainda não é habilitado para operar no Tesouro Direto, acesse "Minha Conta > Outras Informações > Alterar Meus Dados" para acessar o Contrato de Adesão. Após a adesão, você receberá um e-mail da CBLC com uma senha para operar diretamente no site do Tesouro Direto.

A efetivação da adesão eletrônica ao Tesouro Direto é processada pela CBLC a cada duas horas, das 10h às 18h, e às 22h. Sendo assim, o investidor que realizar a adesão online às 10:05, por exemplo, só estará apto a iniciar suas operações no Tesouro Direto a partir das 12h.
 

Informações Adicionais

Para mais informações sobre o Tesouro Direto, acesse os links abaixo:

• Regulamento
• 
Metodologia de Cálculo
• 
Histórico de Preços e Taxas   
• 
Regras Gerais de Negociação
• 
Tabela de Rentabilidade

 

 

 

Não perca tempo!


Preencha apenas as informações iniciais do seu cadastro e tenha acesso gratuito a todo conteúdo do Portal Ágora por 30 dias!



 

Conheça outras opções para você investir:

Veja também:

 
 
 

*Ranking de Taxas dos Agentes de Custódia do Tesouro Direto.
**Valor aproximado.
***Apenas os títulos que pagam cupom de juros têm descontado o Imposto de Renda no pagamento do cupom.

 
 
 
 
 

Precisando de ajuda? Fale conosco:

4004 8282 (Regiões Metropolitanas)
 

0800 724 8282
(Demais localidades)

 

Skype: agoracorretora
(Ligações internacionais)

Sac
0800 023 4554

Fique conectado à Ágora

m.agorainvest.com.br
facebook
linkedin
twitter
youtube Ágora Corretora

Consultar fatos relevantes nos últimos 5(cinco) dias úteis.

Toda comunicação através da rede mundial de computadores está sujeita a interrupções ou atrasos, podendo impedir ou prejudicar o envio de ordens ou a recepção de informações atualizadas, nos termos da Instrução 380 da CVM.

Em caso de indisponibilidade da ferramenta de negociação on-line, para operar pela Ágora entre em contato com a Mesa de Operações de sua região. A corretagem será fixa de R$ 20,00, a mesma cobrada nas negociações on-line.

A venda de ativos cuja aquisição ainda não teve seu processo de liquidação finalizado gera riscos de falhas passíveis de multa e chamadas de margem pela CBLC e Ágora. Para maiores informações entre em contato com a nossa Central de Atendimento.

Ágora Corretora de Títulos e Valores Mobiliários S.A., CNPJ 74.014.747/0001-35,
instituição autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.

Tesouro Direto
Bovespa
CVM
Banco Central do Brasil
BSM
Vtex
como investir