Ágora - Portal Transacional

O que é a Análise Fundamentalista?

Você já tomou a decisão de investir. Mas e agora? Por qual caminho seguir? Como escolher as melhores ações para comprar?

 

Para analisar o potencial das ações, existem duas técnicas mais conhecidas: a Análise Gráfica e a Análise Fundamentalista.

 

Nesse artigo vamos falar do método Fundamentalista, uma das escolas mais tradicionais do mercado. A Análise Fundamentalista avalia a saúde financeira e mercadológica das companhias, projetando os resultados futuros com o objetivo de obter o preço justo de cada empresa.

 

Como o próprio nome diz, o analista leva em consideração os “fundamentos da empresa”, fatores macro e microeconômicos como lucro, receita, faturamento, concorrentes entre outras. Mas, como as empresas não dependem só delas, também são analisados fatores como inflação, taxas de juros, câmbio, PIB e outros.

 

Todos esses dados auxiliam o analista a descobrir o “valor justo” das ações de uma empresa e a reconhecer se elas estão super ou subavaliadas pelo mercado.  Com o resultado dessa análise, é possível identificar bons negócios e respaldar decisões de compra ou venda.

 

Vale a pena lembrar que a maioria das Corretoras disponibiliza especialistas em Análise Fundamentalista que avaliam as principais empresas do mercado e sugerem negócios aos seus clientes nas chamadas "Carteiras Recomendadas".

 

As Carteiras Recomendadas são excelentes referências para auxiliar os clientes na escolha das ações. Se você não tem tempo ou não tem tanto conhecimento para fazer a sua própria análise do papel, basta acompanhar e seguir essas sugestões dos profissionais. Mas é importante verificar qual é o rendimento da Carteira Recomendada da Corretora para analisar se ela é uma boa referência.

 

Equipe Ágora